Mais uma lição...

 

Aprendi mais uma vez que o caminho certo é aquele que o coração nos indica.

Ontem o meu coração ficou cinzento ao ver em ti uma pessoa que nunca conheci, uma pessoa fria, distante e um pouco agressiva. Não te conheci...Viras-te-me as costas sem me quereres ouvir...Doeu muito.

Perguntei onde estavas...

Decidi que não ia desistir de te ajudar, queria de volta aquela pessoa que me faz bem, que me faz sorrir e sonhar...

Dei muitas voltas á cabeça (parecia uma montanha-russa), pensei se te deveria dar espaço ou se devia de ir em frente. E então o instinto falou mais alto.

Com o passar das horas, apercebi-me que o instinto não falhou, segui o coração...o que podia correr mal? Quando olhei, reconheci-te...eras novamente tu! Eras tu que estavas lá!

E que saudades que eu tinha desse teu eu!

Disse-te mil e uma vezes e voltarei a dizer as necessárias...não quero que baixes os braços nunca! Não te esqueças da minha frase: "Podes te estar a afogar, mas haverá sempre um barco salva-vidas por perto. Tu só tens que querer estender o braço!" ...

Preciso de ti igualmente como penso precisares de mim. Seremos talvez o "porto de abrigo"?

 

 

 

(Seja este sentimento o que for: amizade, carinho, envolvencia, afinidade,complementariedade,bem-estar,necessidade de...que continue assim por muito e muito tempo)

 

 

sinto-me:
publicado por voosdeborboleta às 10:48 | link do post | comentar | ver comentários (15)