Sem Palavras...

 

Num mundo em que cada vez a pressão é maior para a mulher ( e o homem) ser perfeita, eis que fotos como estas aparecem para todos nós termos noção , noção da verdadeira realidade em que vivemos!

Queremos ser perfeitas, magrinhas...quem não quer? Eu quero! Quero sempre ser melhor "aqui" e "ali".

Mas não podemos deixar que isso se torne obcessão, não podemos deixar que chegue  a este ponto! Isto é uma doença! Tem de ser tratrada como tal.

Quantas de nós já fizemos dietas loucas? Quantas de nós  num segundo que fosse, em frente ao espelho odeamos ser assim? Quantas vezes nos queixamos daquele quilinho a mais?

 

 

Tudo isso é normal e até positivo, pois é sinal que temos auto-estima e queremos ser melhores. No entanto, quando a obcessão chega, depois de perder 10 quilos ainda não estão bem, depois de estarem com 33 quilos e 1.70m ainda se acham: "GORDAS"!

É necessário fazermos algo para acabar com este flagelo. É necessário cultivar a auto-estima, sabermos que somos bonitas, se olharmos bem ao espelho...ali está aquele toque pessoal, só nosso e que nos faz tão diferentes!

Estas meninas/mulheres só necessitam de apoio e muita compreensão. Chamá-las de loucas não serve de nada. Criticá-las muito menos! Ajudar, dar a mão mesmo sendo tão dificil para quem está de fora compreender!

Porque o ditado é velho: " Não cuspas para o ar...pode-te cair na cara!"

 

 

Estas imagens são reais, tiradas em algum ponto deste tão grande mundo que é o nosso. Sabemos lá se não foram tiradas ali ao virar da esquina, aqui tão perto de nós!

Eu já vi, uma rapariga linda, com 1.70m e 29 quilos a falecer, e mesmo assim achar-se Gorda!

 

 

(imagens recebidas por e-mail, não podia deixar de publicar apesar de serem um pouco violentas)

 

 

sinto-me:
publicado por voosdeborboleta às 14:54 | link do post | comentar