As melhoras...

 

São poucas...

O acidente  foi mais uma situação estúpida nas estradas. Uma estrada estreita, um camião a 90/100 km/h numa descida dentro de uma localidade.

Vinha ao telemóvel, quando deu de conta já eu tinha tocado várias vezes para que ele "acordasse". Apercebeu-se da situação estava a meio metro da frente do meu carro... Eu tinha duas opções, ou bloquear e deixar que ele me levasse a frente ou então mandar-me o mais para a berma que conseguisse. Optei pela segunda o~pção,  Ele ainda foi embater no muro do lado da faixa dele depois de se ter tentado desviar. Eu não me recordo de mais nada...as memórias ficam por aqui.

Soube mais tarde que ele fugiu, nem me prestou auxilio.Tive uma hemorragia na cabeça(ao qual os médicos pensam que vai absorver), clavicula estalada e uma perna dorida.

Podia ter sido muito pior? Claro que sim, sem dúvida. Mas foi muito mau... E um susto enorme.

Os camionistas têm este problema, vão lá no alto a  eles dificilmente algo lhes acontece, mas não cumprem o código, as velocidades...e depois acontece isto...passam por cima ,literalmente, das pessoas.

Não quero generalizar mas no entanto não podemos fugir a estes factos.

Agora é aguentar as dores e não ter receio de pegar novamente no carro...

publicado por voosdeborboleta às 15:32 | link do post | comentar