E para começar...

 

Como o pé ainda está em "recuperação" não o quero sacrificar muito, então vai daí e tenho andado de sabrinas.

Até aqui tudo normal, no fosse o facto de só agora á hora de almoço a minha mãe me perguntar:

 - Com que sabrinas andas hoje?

(eu) - Com as pretas. Porquê?

- Por nada, é que me pareceram as azuis, mas quando te viras-te realmente eram pretas.

(eu)-Andas a ver mal...

 

Qual não é o meu espanto pouco tempo depois olhar para os meus pés e perceber que andava com uma sabrina ...de cada cor!

Riso, muito riso...

E o pior? Fui trocar as sabrinas e sabem o que aconteceu?

Vim com as sabrinas trocadas na mesma só muidei as cores dos pés!

Porra!

publicado por voosdeborboleta às 14:59 | link do post | comentar