Sorrir

 

Temos como objectivo, direito e dever Sorrir. Sorrir sempre, a qualquer hora do dia e da noite.

O Sorriso transparece felicidade, luz, amor...

Dizem que nasci a Sorrir, e passo a minha vida a sorrir, porque o faço? Porque já não sei não o fazer. É assim, é simples, sou eu.

Mas existem vários tipos de sorriso e eu também sei sorrir de tristeza, de dor...Coisa estranha sem dúvida. O olhar complementa um sorriso e é por aí que conseguimos perceber qual é o "tal Sorriso".

Muita das vezes gostava de ser mais séria, não sorrir tanto, não por não gostar, mas talvez assim a pessoas conseguissem perceber mais o que me vai na alma.

Nada me fará perder o Sorriso, pois aí estará toda a nossa força, todas as nossas energias!

Quando a vida nos corre mal, quando os sonhos teimam em não se realizar, quando o certo vira incerto, quando os planos que traçamos desaparecem num ápice, quando o sol desaparece atrás de uma nuvem cinzenta....O que nos resta? Sorrir! Sorrir para nós, para os outros, para a vida. E mesmo que uma lágrima teime em cair havemos de mesmo assim sorrir, porque somente dessa forma a nossa lágrima não terá um sabor tão amargo...

Existe sempre alguém perto de nós que fará com que tudo valha  pena, talvez a pessoa que menos esperavamos...mas ela estará lá. Porque há sempre alguém...

Porque uma pessoa que não aprendeu a sorrir também não aprendeu a viver.

 

publicado por voosdeborboleta às 10:31 | link do post