Sem direito a férias

Pois é, afinal não vou poder gozar as minhas férias...talvez eu não necessite de férias no entender dos meus superiores!

Estou revoltada...mas no fundo o que estou mesmo é triste...

Triste por ver ao ponto que o ser humano pode ser egoísta e...e é melhor não continuar!

Porque mesmo assim, ninguém me tirará o prazer de ser feliz ao lado dos meus nesta quadra que nos une tanto...

Temos pena...Mas o sorriso nos meus lábios irá manter-se e essa será a pior resposta que eu poderei dar não é?

Pois...

 

(imagem retirada da net)

publicado por voosdeborboleta às 13:30 | link do post